LIANE

Uma caixa de ferramentas para campanhas eleitorais de baixo custo e alta intensidade

Dinheiro = Votos

Essa é a fórmula que define como se disputa eleições na América Latina. Mas nos últimos anos, em meio à crescente demanda por renovação política por parte dos cidadãos, vimos surgir diversos movimentos que tem conseguido quebrar essa fórmula, ajudando a eleger novas pessoas, fazendo campanhas de baixo custo e de alta intensidade.  

O projeto Liane é uma caixa de tecnologias e metodologias abertas para impulsionar campanhas de renovação política na América Latina, que organiza a inteligência que vem se produzindo no campo e disponibiliza tecnologias digitais com o objetivo de aumentar a competitividade de campanhas eleitorais de baixo custo e alta intensidade. Com ela também criamos a Escola de Formação Democrática, em parceria com a Rede de Agências CHAMA, para dar formação à campanhas eleitorais de renovação política.

O objetivo de Liane era claro: o gap entre campanhas eleitorais que tem grana e as que não tem é muito grande. E com o surgimento de novas técnicas e tecnologias para fins eleitorais, que hoje custam caríssimo, esse gap só vai aumentar. Por isso, a gente precisa abrir esse código – precisamos desenvolver essas tecnologias e torná-las gratuitas.

E Liane se chama assim em homenagem à Liane Lira, uma amiga e ativista que faleceu em 2015, que dedicou sua vida à processos de mobilização, fortalecimento da democracia e abertura da política.

O projeto foi aprovado no edital ALTEC 2017, recebendo recursos da Avina e Omidyar, e também foi selecionado na convocatória “Inteligência Coletiva para a Democracia” do Medialab-Prado.

Período

2017-em andamento

Equipe

Ana Gamborena, Caio Tendolini, Gabriela Juns, Mariana Belmont, Miguel Peixe, Pedro Markun

Parceiros

Labhacker e Rede de Agências CHAMA

Apoiadores

Instituto Clima & Sociedade, CLIP e Fundação Avina e Omidyar Network, por meio do edital Altec 2017

Quer saber mais sobre o projeto? Entre em contato

15 + 11 =

Receba nossa newsletter sobre inovação política