Política:
Modo de Usar

Série de 4 episódios veiculada na GloboNews sobre inovação política na América Latina

Episódios

Minutos

Milhões de telespectadores

POLÍTICA: MODO DE USAR é o título da série de 4 episódios que foi ao ar durante todo mês de novembro de 2017 no horário nobre da Globonews e contou histórias de jovens de centros urbanos de diversos países da América Latina que estão inovando na política.

A série retrata distintas abordagens da inovação política na região. O primeiro episódio, contou em histórias do despertar do cidadão para ação – quando e como um indivíduo se torna politicamente ativo. O segundo expôs o uso da tecnologia para inovação política, desde aplicativos que facilitam a participação cidadã na tomada de decisões à organizações que defendem o direito a internet. O terceiro foi inteiramente dedicado às inovações política no setor público, como por exemplo, os laboratórios de governo que co-criam políticas e serviços públicos com cidadãos. O quarto, e último episódio da temporada, foi especialmente dedicado às inovações políticas no Brasil, como a história do Ônibus Hacker que viaja o Brasil levando oficinas de criação de leis para crianças, jovens e adultos.

Episódio 1

CIDADÃOS EM TRANSFORMAÇÃO: DESPERTAR DA AÇÃO

A cidadania está em transformação, em toda América Latina, identificamos o surgimento de um novo tipo de ação cidadã que constrói, a sua maneira, novas formas de participação na política. Desde 2011, é possível observar um novo fenômeno na região: os jovens estão se despertando para a política e resignificando o que é ser um sujeito político no século 21.

Casos: Giorgio Jackson, Chile / Federico FIlagarda, Paraguai / Diego Cancino, Colômbia / Juliana Hernandez, Colômbia

Episódio 2

TECNOPOLÍTICA

Como em todos os setores da sociedade, a tecnologia está transformando dinâmicas e as formas das pessoas se relacionarem, e na política não é diferente. Em todo o mundo há uma forte tendência em usar a tecnologia para aproximar os cidadãos da tomada de decisão, como também criando novas formas de participação política. A tecnologia permite maior acesso à política, porque acima de tudo, reduz o custo da participação, seja financeiro, de tempo e/ou social.

Casos: Agustin Frizzera, Argentina / Justin Graside, Uruguai / Maricarmen Sequera, Paraguai / Pablo Collada, Chile / Nicolas Dias-Cruz, Colômbia

 

Episódio 3

PODER PÚBLICO COM FOCO NO CIDADÃO

As políticas públicas sempre foram desenvolvidas por especialistas fechados num gabinete, criando soluções que na maioria das vezes não contemplava a opinião ou visão do usuário final. No entanto, assim como o mundo privado, no setor público surge uma nova visão e compreensão sobre desenhar serviços públicos: desenvolver soluções que contemplam de maneira empática a visão do usuário/cidadão. Isso quer dizer que as soluções não partem apenas dos especialistas mas também e principalmente de quem vive aquele problema.

Casos: Facundo Carrillo, Argentina / Silvia La Rosa, Uruguai / Juan Felipe Lopez, Chile / Camilo Romero e Javier Arteaga, Colômbia / Andrea Apolaro, Uruguai

 

Episódio 4

E EU COM ISSO?

Desde 2013 o Brasil está passando uma grande transformação na política, a crise de representatividade se agravou e culminou numa crise das instituições. Incidir diretamente no funcionamento da política e renovar a suas práticas se torna urgente. Porém, enquanto a política institucional não se abre para mudanças, a sociedade civil forma novos agentes políticos e cria maneiras de incidir na política, a partir da construção de leis de iniciativa popular ou abrindo os códigos do poder legislativo.

Casos: Ronaldo Lemos, Rio de Janeiro / VETOR Brasil, São Paulo / Pedro Markun, São Paulo / ACREDITO, São Paulo / Cristiano Ferri, Brasília

Período

2017

Equipe

Beatriz Pedreira, João Wainer, Larissa Dionísio, Rafael Poço

Parceiros

GloboNews e Marinha Farinha Filmes

Quer saber mais sobre o projeto? Entre em contato

3 + 11 =

Receba nossa newsletter sobre inovação política